Empresas de tecnologia querem combater uso excessivo de celular

Em uma pesquisa feita pelo instituto Ipsos no Brasil, EUA, França e Índia, 33% dos participantes disseram já ter priorizado o celular em vez de passar tempo com amigos ou família. No Brasil, esse porcentual é de 36%. Além disso, é considerável o número de pessoas que tem uma relação conflituosa com seus dispositivos. O Dependência de Internet, centro de tratamento do Hospital das Clínicas, da Universidade de São Paulo (USP), recebe em média quatro pedidos de ajuda por dia. Como mostrou matéria publicada no NotaAlta ESPM (http://notaalta.espm.br/o-melhor-de-hoje/empresas-de-tecnologia-querem-combater-uso-excessivo-de-celular/)