Streaming de jogos, o início de uma nova era dos consoles?

Por Guilherme Silva – aluno Tech do segundo semestre.

O crescimento do cloud e a popularidade dos serviços de streaming, como spotify, netflix, youtube, abriu caminho para o mercado de games. Recentemente Google e Microsoft anunciaram os seus serviços de streaming de jogos, Stadia e Xcloud, respectivamente, esses sistemas vão possibilitar que pessoas joguem de qualquer lugar e nos mais diversos dispositivos. 

A ideia é que, por meio do navegador ou de um aplicativo o jogador consiga rodar qualquer tipo de jogo, sem se preocupar com o Hardware, e pagando apenas uma mensalidade para utilizar o serviço. 

Apesar dos benefícios de utilizar o hardware no servidor dessas companhias, ter uma internet boa é um dos principais requisitos para utilizar esse serviço. Países em desenvolvimento apresentam um déficit quando se trata de banda larga. O Brasil por exemplo, segundo dados da Ookla, responsável pelo site SpeedTest, apresenta uma velocidade média de acesso de 24,9 Mbps. Portanto, no país muitas pessoas teriam dificuldades para rodar os jogos, já que a velocidade mínima recomendada para o Stadia é de 30 Mbps. 

Os games por streaming vão dominar o mercado nos próximos anos, porém a qualidade da internet pode impedir que países em desenvolvimento utilizem essa tecnologia, garantindo mais alguns anos dos clássicos consoles dentro de casa.