A tecnologia de reconhecimento facial é usada de maneiras interessantes

Reconhecimento facial e tecnologia biométrica estão sendo usados em tudo, de telefones celulares a quiosques de fast food e sistemas de voz para aeroportos. À medida que se torna mais mainstream, seus usos estão se estendendo para as artes, saúde animal e publicidade direcionada.

Fast Food

O reconhecimento facial e tecnologia biométrica aparecem nos restaurantes
Inovação em aprendizado de máquina e A.I. está apresentando novas oportunidades para integrar a tecnologia de reconhecimento biométrico e facial no dia a dia dos consumidores, desde o check-in no saguão de um aeroporto ou o check-out de uma loja de autoatendimento até o acompanhamento de saúde física ou emocional. Programas adicionais estão incorporando essa tecnologia nos serviços de restaurante para aumentar a eficiência e melhorar a conveniência.

STHALER

O pagamento digital é preferível ao dinheiro entre os consumidores jovens, e o sistema Fingopay da Sthaler é um método inovador que permite que os compradores deixem sua carteira em casa. A empresa fintech britânica colaborou com a empresa dinamarquesa de cartões de débito Dankort para colocar seu sistema de pagamento biométrico digital no restaurante e no café do campus da Copenhagen Business School, na Dinamarca, transformando-o em um local de autoatendimento. O Fingopay também foi implementado na Brunel University, em Londres, para o checkout na mercearia do campus.

BITE

Funcionando há mais de um ano a empresa de menus digitais interativos em restaurante e quiosques usa o reconhecimento facial para auxiliar no pedido de comidas.

Os quiosques podem salvar as preferências de um usuário, desbloquear programas de fidelidade, vender produtos e usar o aprendizado de máquina para apresentar as opções mais relevantes primeiro (ou seja, mostrar opções vegetarianas a um consumidor que geralmente faz pedidos dessa categoria) destinam-se a melhorar o atendimento ao cliente, mas não substituir pessoal humano como em restaurantes de auto-atendimento.

Fonte: traduzido e adaptado de Cassandra:

https://cassandra.co/tech/2018/06/13/fast-food